bebê

Saiba o que esperar dos primeiros 6 meses do bebê

Cada nova habilidade desenvolvida por um bebê é o aperfeiçoamento de uma anterior ou a combinação de outras já aprendidas. Ela segue uma sequência predeterminada porque acompanha o desenvolvimento do cérebro, que amadurece em etapas.

De acordo com pesquisas, o cérebro de um neném é 250% mais ativo que o de um adulto, além de produzir a conexão entre os neurônios, chamadas de sinapses, mais rapidamente no 1º ano de vida do que em qualquer outro período.

Por isso, fizemos uma lista do que ocorre nos primeiros meses do desenvolvimento do pequeno, para saber o que esperar em cada uma dessas etapas.

Primeiras semanas do bebê

O bebê já vira a cabeça e consegue flexionar braços e pernas. Além disso, ele se comunica por meio do choro, para mostrar as próprias necessidades.

1º mês

Levanta a cabeça, consegue olhar fixamente para rostos e seguir as pessoas com o olhar. Já reage a estímulos de som e luz. Além disso, fica com as pernas mais esticadas e movimenta o corpo em resposta à voz. Por fim, ele fica mais atento, chora menos e fica mais ligado à mãe.

2º mês

Aos 2 meses, o pequeno consegue levantar a cabeça quando está deitado de barriga para baixo e girar para ambos os lados. Além disso, ele consegue dar o sorriso social, aquele que é emitido especialmente para uma pessoa (não é o sorriso durante o sono). Emite sons em resposta às vozes, como se estivesse conversando e vocaliza sons como “agu” e “arru”.

3º mês

Ele agora já é capaz de sustentar totalmente a cabeça e, quando está deitado, consegue levantar o tronco. Interage com as pessoas por mais tempo e emite sons espontâneos, parecidos com vogais, como “aaa” e “ééé”.  A ligação com a mãe e o pai fica ainda maior, reconhecendo o rosto, o cheiro e a voz deles.

4º mês

Com 4 meses, ele já dá gargalhada e pode resmungar ou chorar quando é afastado das pessoas com quem convive mais. Também responde com sons quando alguém fala com ele. Estica o braço, pega objetos e os leva até a boca. Consegue apoiar o peso nas pernas e, quando é colocado de pé, empurra o local onde está apoiado. Como já está mais “durinho”, gosta de ficar sentado com suporte total do tronco. Consegue se virar sozinho e rola nas 2 direções quando deitado.

5º mês

Aos 5 meses, já consegue segurar os pés e se distrair com eles. Ele também distingue cores primárias (azul, amarelo e vermelho). Vira na direção de barulhos novos e reconhece o próprio nome.

6º mês

Consegue se manter sentado sem apoio e transfere objetos de uma mão para a outra. O bebê também vai em direção às pessoas que lhe estendem as mãos, mas ainda prefere o colo de pessoas conhecidas. 

Nessa fase começa ainda a chamada lalação, quando ele emite sons formados por sílabas repetidas. Outro destaque é que já pode estar pronto para comer alimentos sólidos.

Esses marcos de desenvolvimento geralmente possuem um intervalo de tempo para que ocorram, portanto, se seu filho ainda não tiver apresentando alguma característica condizente com a faixa etária citada, não se preocupe. Na consulta com a pediatra, ela poderá avaliar com mais precisão o desenvolvimento global da criança.

Clínica Pediátrica em Salvador-BAPowered by Rock Convert

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp